notícias

 
21
SET
Equipes entraram em campo na tarde deste domingo, pela segunda rodada do returno da competição
21
SET
Três jogos acontecem às 15h30, pela última rodada do primeiro turno da segunda fase da competição
21
SET
Jogos, válidos pela quinta rodada do primeiro turno, acontecem às 15h30
21
SET
Equipes entram em campo na tarde deste domingo, 21, pela segunda rodada do returno da competição

competições

 
Encontre abaixo as informações sobre seu CAMPEONATO FAVORITO como tabelas, classificações e regulamento.

comunicação

 
  • clipping
  • fpf notícias
  • pergunte ao presidente
  • credenciamento
Nome
 
E-mail
   
Confirme o número
Mensagem
 

Credenciamento de imprensa para partidas do Campeonato Brasileiro da Série A, em Curitiba, passa a ser realizado pela Federação Paranaense de Futebol, conforme novo protocolo da CBF.

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) informa que, a partir da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A de 2014, que acontece no dia 10 de setembro, o credenciamento de imprensa para as partidas da referida competição será realizado pela entidade.

De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a partir desta data, será respeitado um novo protocolo na questão de acesso aos estádios por parte da imprensa.

 

Confira as recomendações para solicitar seu credenciamento:

- Os veículos de comunicação interessados em realizar a cobertura da partida devem enviar e-mail para: credenciamento@federacaopr.com.br

- Os e-mails serão aceitos até às 12h do dia anterior ao jogo. (Em caso de jogos no domingo ou feriados, os e-mails serão aceitos até às 12h do dia útil anterior).

- Apenas jornalistas com cadastros atualizados na ACEP (Associação dos Cronistas Esportivos do Paraná), ARFOC (Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos) e na ACEB (Associação de Cronistas Esportivos do Brasil) ou Abrace (Associação Brasileira de Cronistas Esportivos) terão acesso ao estádio.

- Preferencialmente, as equipes deverão ser credenciadas pela produção ou chefe/editor da equipe. No caso de fotógrafos, deverão ser credenciados pela agência.

- No momento do credenciamento, todos os profissionais devem estar identificados com nome completo, RG e número da carteira de 2014 (ACEP, ARFOC, ACEB ou Abrace, ou Associação correspondente ao Estado do profissional) e função que desempenharão na partida.

- Os coletes e pulseiras de credenciamento serão entregues em até 20 (vinte) minutos antes da partida, SEM TOLERÂNCIA.

 

- Durante a partida, só permanecerão no campo de jogo:

* Emissoras de TV detentoras dos direitos, com duas equipes por emissora (três pessoas por equipe).

* Emissoras de TV detentoras dos direitos, que realizam reportagens gravadas; sendo que: TV Globo e Sportv com duas equipes cada (câmera + repórter) e demais emissoras com uma equipe cada.

* Dois profissionais por emissora de rádio, com limite de 30 (trinta) profissionais; sendo que: deverão ficar atrás dos gols (no máximo 15 profissionais de cada lado). Obs: Não será permitida a permanência de técnicos de rádio no gramado. Caso haja necessidade de os profissionais entrarem em campo, os mesmos devem se reportar aos supervisores CBF).

* Fotógrafos – limite de 30 (trinta) profissionais (no máximo 15 profissionais de cada lado).

 

- As emissoras de TV não-detentoras dos direitos de transmissão (uma equipe: câmera + repórter) terão direito à tribuna de honra de imprensa/cabines, e, ao final da partida, poderão descer até a área dos vestiários para as entrevistas e zona mista, se houver. Caso contrário, apenas para a sala de entrevista coletiva (conforme orientação do clube mandante).

- Jornalistas da mídia impressa e sites não terão acesso ao entorno do gramado. Devem ficar posicionados na tribuna de imprensa e, após o término dos jogos, terão acesso às entrevistas coletivas (conforme orientação do clube mandante).

- As vagas de estacionamentos seguem as regras de cada clube.

- Não é permitido fumar nos estádios, nem em gramado ou cabines de rádio e televisão, conforme LEI Nº 16.239 DE 29/09/2009, Art. 2, § 2º.

- Não é permitido o uso de bermuda ou short para profissionais em serviço.

 

Conforme o art.90-F, da Lei Pelé, fica a prerrogativa de indeferir pedidos de profissionais que não estiverem a serviço.