NOTÍCIAS
Operário recebe Cuiabá no primeiro jogo da final da Série C
14/09/2018
O objetivo principal, que era a conquista de uma das vagas à Série B de 2019, já foi atingido. Porém, o Operário quer ainda mais. Neste domingo, 16, a equipe inicia a disputa pelo título do Campeonato Brasileiro da Série C. Contra o Cuiabá, às 15h30, no Estádio Germano Krüger, o Fantasma quer fazer história ao conquistar seu segundo título nacional em dois anos. No ano passado, a equipe levantou o troféu da Série D. 
 
Para chegar à decisão, o Operário venceu 10 de seus 18 jogos da primeira fase. Classificado, encarou o Santa Cruz nas quartas de final e despachou a equipe pernambucana após uma derrota por 1 a 0 fora de casa no primeiro jogo e uma vitória por 3 a 0 na volta, em Ponta Grossa. A classificação garantiu o acesso do clube.
 
Já na semifinal, a equipe do técnico Gerson Gusmão encarou o Bragantino. E, assim como nos dois jogos da primeira fase, as equipes novamente empataram os dois confrontos, levando a decisão para as penalidades. Foi aí que brilhou a estrela do goleiro Simão, que garantiu o Fantasma na final após defender duas cobranças.
 
Contra o Cuiabá, adversário da decisão, o Operário já jogou duas vezes na competição. Fora de casa, o time paranaense perdeu por 4 a 0, enquanto em casa, empatou em 1 a 1. 
 
Os ingressos para a primeira partida da final da Série C estão disponíveis com os seguintes valores:  R$ 100 a inteira e R$ 50 a meia-entrada (até sábado). No dia do jogo, os ingressos custarão R$ 150 entrada inteira e R$ 75 meia-entrada. Os portões do Germano Krüger serão abertos às 13h30.
 
O jogo da volta acontece no dia 22 de setembro, às 19h, na Arena Pantanal, em Cuiabá. 
 
Jogo: Operário x Cuiabá (Campeonato Brasileiro da Série C – Final – 1º Jogo)
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa
Data: 16/09/2018, às 15h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Árbitro Assistente 1: Jorge Eduardo Bernardi
Árbitro Assistente 2: Leirson Peng Martins
Quarto Árbitro: Roger Goulart
Quinto Árbitro: Weber Felipe Silva
Analista de Campo: Afonso Vitor de Oliveira
 
Foto: José Tramontin/OFEC
Fonte: Assessoria de Imprensa