NOTÍCIAS
Reunião excepcional definiu o Campeonato Paranaense da 2ª Divisão
24/08/2020
Nesta segunda, 24, foram definidos os detalhes finais para a disputa do Campeonato Paranaense da 2ª Divisão de 2020. O arbitral da competição aconteceu antes da paralisação dos trabalhos da Federação Paranaense de Futebol em função da pandemia do Covid-19 e, por isso, uma nova reunião ocorreu para adequação da Segunda Divisão ao protocolo. 
 
O encontro virtual reuniu o presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Pereira Cury, o assessor da presidência, Robson Seerig, o gerente de competições Marcius Koehler , o supervisor do Departamento de Registros e Transferências Éverton Amaro, o advogado da entidade William Tohoru Hosaka, além de representantes das equipes participantes: AA Batel, Andraus Brasil, Apucarana Sports, Araucária ECR, Azuriz FC, Independente FSJ, Maringá FC, Nacional AC, Prudentópolis FC e REC EC. 
 
Na reunião ficou definido que a competição terá início no dia 27 de setembro, com término previsto para 08 de novembro, com jogos às quartas e domingos. 
 
Sistema de disputa
1ª Fase (9 Datas): GRUPO ÚNICO - A
*5 mandos para o clube rebaixado da 1ª Divisão – Temporada 2019 (Maringá FC).
*5 mandos para os Quatro clubes melhores colocados na 2ª Divisão – Temporada 2019 (3º - Prudentópolis FC / 4º - Apucarana Sports / 6º - Nacional AC e 7º - Independente FSJ)
*As demais equipes terão 4 mandos.
 
2ª Fase SEMIFINAL (2 Datas):  IDA e VOLTA – GRUPO B e C
Grupo B - 4º Colocado x 1º Colocado; 
Grupo C –3º Colocado x 2º Colocado.
 
3ª Fase FINAL (2 Datas): IDA e VOLTA – GRUPO D 
Grupo D – 1º Grupo B ou 1º Grupo C x 1º Grupo B ou 1º Grupo C.
 
Assim como no Campeonato Paranaense da 1ª Divisão, não haverá acesso de torcedor nas partidas. 
 
Vale ressaltar que no dia 14 de agosto, a Federação Paranaense de Futebol recebeu resposta do diretor do Departamento de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Dr. Christiano Souto Puppi, e do Secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Dr. Ronaldo Lima Santos, que após considerações sobre o tema e momento de pandemia, reforçaram que não há oposição a alteração do regulamento.
Fonte: Assessoria de Imprensa