Edital para o curso de formao de rbitros de futebol (Curitiba)

06/03/012 - Edital para o curso de formao de rbitros de futebol (Curitiba)

FEDERAÇÃO PARANAENSE DE FUTEBOL – ESCOLA VICTOR MARCASSA
 
 CURSO  DE FORMAÇÃO DE ÁRBITROS DE FUTEBOL
 
 
EDITAL N ° 001/2012
 
 
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO
 
O Diretor da Escola de Árbitros Victor Marcassa da FPF, torna público a abertura do  CURSO DE FORMAÇÃO DE ÁRBITROS DE FUTEBOL/2012 estabelecendo normas específicas destinadas a selecionar candidatos e candidatas visando preenchimento de 50 (cinqüenta) vagas para o referido curso.
 
CAPITULO I – DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
 
  1. A seleção dos candidatos que desejam realizar o Curso de Formação de Árbitros de Futebol será regida por este edital e documentos complementares.
  2. Os inscritos se submeterão à seleção com a prestação de exames, assim divididos: teórico, prático e comprovação de documentos exigidos para os que forem aprovados.
  3. Não cabe recurso ou revisão de qualquer natureza quanto ao resultado das provas de seleção dos candidatos para o curso.
  4. As inscrições, organização e aplicação das provas de seleção estarão sob responsabilidade da Escola de Árbitros Victor Marcassa.
 
CAPÍTULO II - DOS REQUISITOS PARA INGRESSO
 
São requisitos para ingresso ao Curso de Formação de Árbitros de Futebol:
1. Estar cursando ou ter concluído o terceiro grau ou curso equivalente;
2. Ter entre 17 e 26 anos completados no ano do curso;
3. Ter sido aprovado nas provas teóricas e práticas de seleção;
4. Ter entregue a documentação exigida no Capítulo VI deste edital;
5. Ter boa conduta social, reputação e idoneidade ilibadas.

O requisitos constantes no item 1. e 2. poderão ser relevados, a critério da coordenação do curso, em função da idade do candidato. Os requisitos descritos nos subitens 4. e 5. deverão ser comprovados mediante entrega dos respectivos documentos, indispensáveis para a aprovação e iniciação no curso.
 
CAPÍTULO III – DOS PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO
    
  1. A inscrição do candidato implicará automaticamente na aceitação das normas e condições estabelecidas neste edital, em relação ao qual não poderá alegar qualquer espécie de desconhecimento.
  2. Objetivando evitar ônus desnecessário, o candidato deverá orientar-se no sentido de efetuar o pagamento da inscrição somente após tomar conhecimento de todos os requisitos exigidos para o ingresso no curso.
  3. As informações prestadas na ficha de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, podendo a coordenação excluir do curso aquele que a preencher com dados incorretos, bem como prestar informações inverídicas, ainda que o fato seja constatado posteriormente, durante o andamento do curso.
  4. A inscrição deverá ser efetuada no período entre 05 de março a 18 de abril de 2012.
  5. PARA INSCREVER-SE NO CURSO O CANDIDATO DEVERÁ:
    1. Efetuar depósito identificado (solicitar que o nome do candidato seja colocado no comprovante do depósito) de R$     60,00 referente as custas do processo seletivo, na conta do Curso: Caixa Econômica Federal Agência 1524 Conta 013 8319-8;
    2.  Na mesma data, imprimir a ficha de inscrição do curso disponível no site www.federacaopr.com.br link escola de árbitros, e enviá-la devidamente preenchida em letra de forma via fax ao número (41) 3071 3251, ou através do e-mail: chartmann603@gmail.com, juntamente com o comprovante do depósito, das 13:30 às 18:30 horas;
    3. A efetiva inscrição do candidato só se efetivará após o recebimento, via fax ou pelo e-mail, do comprovante do depósito e da ficha de inscrição devidamente preenchida.
  6. A relação dos candidatos inscritos ao processo seletivo do Curso será feita no site acima no dia seguinte ao término das inscrições, ou seja, 19 de abril, no período da tarde.
  7. Não haverá devolução de importância paga, seja qual for o motivo, no processo seletivo ou durante a realização do curso.
 
CAPÍTULO IV – DA SELEÇÃO
 
As provas de seleção para o Curso serão realizadas num só dia e constarão de:
1-      Prova teórica, a qual visa avaliar o grau de conhecimento do candidato versando sobre conhecimentos gerais, língua portuguesa com redação, e regras básicas de futebol, de caráter classificatório.
2-      Prova prática, constando de teste de Leger (vai e vem), também de caráter classificatório.
3-      Após a divulgação dos resultados, os candidatos aprovados deverão fazer a entrega dos documentos mencionados no CAPITULO VI deste edital dentro do prazo determinado.
4-      Se ao final da data estipulada para entrega dos documentos do item acima, ainda houver vagas remanescentes por falta de documento, incorreção, incapacidade física ou antecedentes que impeçam o exercício da arbitragem de futebol, os próximos candidatos, seguindo a ordem de classificação, serão chamados até o cumprimento do total de número de vagas.
 
CAPÍTULO V - DAS PROVAS TEÓRICAS E PRÁTICAS
 
Data: 21 de abril de 2012 (sábado) às 13:00 horas. Local: Secretaria de Esportes do Paraná, rua Pastor Manoel Virgínio de Souza, 1.020 – Capão da Imbuia, em Curitiba.
 
1-      As provas teóricas e práticas terão caráter classificatório e com igual peso; sua média dará a ordem de classificação final dos candidatos ao curso;
2-      A prova teórica terá duração máxima de uma hora e trinta minutos, constará de 20 (vinte) questões objetivas de múltipla escolha com quatro alternativas cada uma e  redação.
3-      O candidato deverá comparecer ao local designado para a prova com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos, munido de caneta esferográfica azul ou preta, portando um dos seguintes documentos para a realização da prova: Cédula de Identidade, Carteira de Trabalho ou Carteira Nacional de Habilitação.
4-      Não será admitido na sala de prova, candidato fora do horário previsto neste edital.
5-      Durante a prova não será permitido consulta de qualquer espécie, bem como a utilização dos seguintes itens: calculadora, agenda eletrônica, telefone celular e equipamento eletrônico de qualquer natureza, bem como não será aceito o uso de bonés ou óculos de sol.
6-      Não será computada questão com emenda ou rasura, ainda que legível, ou que tenha mais de uma resposta.
7-      A prova prática será realizada em seguida à prova teórica nas próprias dependências da Secretaria de Esportes.
 
CAPÍTULO VI – DA APRESENTAÇÃO E ANÁLISE DE DOCUMENTOS
 
  1. Os candidatos aprovados após as provas teóricas e práticas serão relacionados no site www.federacaopr.com.br link escola de árbitros, no máximo até 25 de abril, devendo os aprovados apresentarem os documentos abaixo até a data de 08 de maio na Federação Paranaense de Futebol/Escola Victor Marcassa, sito a Av. Victor Ferreira do Amaral, 1.930- Tarumã CEP 82.800-000, das 13:30 às 19:00 horas, ou enviá-los  via SEDEX para o mesmo endereço:
a)      Requerimento, de próprio punho, solicitando a sua inscrição no Curso de Formação de Árbitros (o modelo será disponibilizado no site da FPF em link próprio);
b)      Certidão negativa do SCPC e SERASA;
c)      Cópia da Carteira de Identidade;
d)     Copia do CPF;
e)      Cópia do Certificado de Conclusão do Terceiro Grau ou Equivalente, ou do Atestado de Matrícula ou freqüência em Estabelecimento de Terceiro Grau ou Equivalente;
f)       Três fotos 3x4 atuais e coloridas;
g)      Atestado médico realizado num prazo máximo de 60 dias certificando especificamente possuir capacitação física para a arbitragem de futebol;
h)      Exame oftalmológico com atestado médico de capacitação para a arbitragem de futebol, realizado num prazo máximo de 60 dias.
  1. Os documentos dos subitens g) e h) objetivam aferir se o candidato goza de boa saúde física para suportar os exercícios físicos a que será submetido durante o Curso de Formação de Árbitros de Futebol e para o exercício da arbitragem.
  2. As condições clínicas, sinais e sintomas que possam incapacitar o candidato/aluno a exercer a função de árbitro de futebol, também serão considerados para a inclusão e permanência no curso a qualquer tempo.
  3. A Coordenação do Curso fará a análise dos documentos e decidirá sobre a aptidão do candidato para participar do Curso de Formação de Árbitros da FPF.  
 
 
CAPITULO VII - DO CURSO DE FORMAÇÃO DE ÁRBITROS DE FUTEBOL
 
  1. O Curso de Formação de Árbitros FPF terá início em 12 de maio, e previsão de encerramento das aulas teóricas em 15 de setembro, com aulas na Secretaria de Esporte do Paraná aos sábados das 08:00 às 18:00 horas. Durante o curso e após seu encerramento na parte teórica ocorrerá o Estágio Supervisionado, onde os alunos atuarão em jogos de categorias menores e amadoras.
  2. Ao término de cada disciplina o aluno será sabatinado em prova e deverá obter índice de aprovação para estar habilitado e ter direito a prosseguir nas disciplinas seguintes.
  3. A avaliação na disciplina “Preparação Física e Avaliações” constará da aplicação do teste físico FIFA (nível árbitros e assistentes nacionais), de caráter eliminatório. 
 
  1. Do início do curso até o final do Estágio Supervisionado será verificado, a qualquer tempo, pela coordenação do curso:
    1. Aptidão para ser árbitro de futebol;
    2. Conduta social, reputação e idoneidade ilibadas;
    3. Dedicação ao curso e ao Estágio Supervisionado;
    4. Aproveitamento escolar;
    5. Perfil psicológico compatível com a função;
    6. Preparo físico adequado;
    7. Condições adequadas de saúde física e mental;
 
CAPÍTULO VIII – DO DESLIGAMENTO DO CURSO
 
O desligamento do aluno do curso de arbitragem se dará por:
1.      Solicitação do próprio aluno;
2.      Reprovação em qualquer das disciplinas do curso;
3.      Não atingir a frequência mínima de 75% de presença no curso;
4.      Não obter nota escolar mínima de 6,0 (seis) em qualquer disciplina e 7,0 (sete) na disciplina “Regras do Jogo de Futebol”;
5.      Não obter aprovação no teste físico FIFA aplicado como prova final na disciplina  “Preparação Física e Avaliações”;
6.      For constatado que deixou de preencher qualquer dos requisitos de ingresso na escola;
7.      Estar inadimplente com o pagamento de qualquer parcela do curso;
8.      Ficar comprovado má conduta social ou comportamento não compatível com a função de árbitro durante o andamento do curso.
 
CAPÍTULO IX – DO PAGAMENTO DAS MENSALIDADES
 
  1. Na data da primeira aula do curso, ou seja, 12 de maio, o aluno deverá efetuar o pagamento de R$    310,00 (trezentos e dez reais) referente a matrícula no curso. 
  2. As mensalidades subseqüentes, de igual valor, em número de 06 (seis) parcelas, deverão ser pagas sempre na primeira aula dos meses de junho, julho, agosto e setembro. As duas últimas parcelas de outubro e novembro, durante o Estágio Supervisionado, vencerão no dia 07 desses dois meses. 
  3. A falta de pagamento, gerando a inadimplência, é fator de desligamento do curso.
 
CAPITULO X – DO DIREITO À INSCRIÇÃO NA FPF
 
Após o cumprimento com aprovação no curso regular e no estágio supervisionado, o formando terá o direito de receber o Certificado de Árbitro de Futebol da Federação Paranaense de Futebol, podendo inscrever-se para prestar serviços junto a Comissão de Arbitragem da FPF como árbitro na Categoria Iniciante.
 
CAPITULO XI – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
 
Os casos omissos serão resolvidos pela direção da Escola de Árbitros Victor Marcassa.
 
Curitiba, março de 2012.
JOÃO CANDIDO HARTMANN – COORDENADOR F.P.F. 
OBS: Dúvidas devem ser enviadas via e-mail ao endereço virtual chartmann603@gmail.com ou fone (41) 9968 6912.

Fonte: Assessoria de Comunicao


Patrocinadores Oficiais